O Autor

Carlos Bernardo González Pecotche, o autor da Logosofia, conhecido também por Raumsol, nasceu em Buenos Aires, Argentina, em 11 de agosto de 1901.

Ainda muito jovem, sentiu que poderia realizar uma obra que iria apresentar novos conceitos, desconhecidos até então pela cultura vigente, tanto ocidental como oriental, cujas projeções concebeu com uma visão muito clara, tanto em seu conteúdo, como em seu método. Passou, então, a reunir em torno de si pessoas que buscavam satisfazer suas inquietudes de saber de forma diferente dos tradicionais e inoperantes padrões. Suas concepções são absolutamente originais e tudo que ensinou ele primeiro investigou e comprovou em sua própria vida.

Em 11 de agosto de 1930 fundou a primeira Fundação Logosófica em Córdoba, Argentina, e em seguida impulsionou a criação de vários outros centros de estudos logosóficos na Argentina, no Uruguai e no Brasil, com o objetivo de divulgar estes originais conhecimentos. Desde este momento, dedicou sua vida à realização da obra de superação humana que é hoje o principal objetivo da Fundação Logosófica. Estes primeiros centros de estudos continuaram se expandindo e, atualmente, existem Sedes Culturais Logosóficas em diversos países.

É autor de uma extensa produção literária: escreveu diversos livros sobre a Logosofia em diversos gêneros e editou duas revistas e um jornal dedicados exclusivamente a ensinar e difundir os conhecimentos logosóficos. Ditou mais de mil conferências e aulas na Argentina, no Uruguai e no Brasil, mantendo ao longo de toda sua vida um intenso contato com estudiosos da Logosofia em todo o mundo assim como com personalidades da cultura na América do Sul e na Europa.

González Pecotche viveu até 4 de abril de 1963, deixando uma obra de superação humana que continua crescendo e se expandindo pelo mundo.

Os que puderam conhecê-lo de perto atestam o que ele mesmo tantas vezes expressou e que, por certo, constituiu o traço mais proeminente de sua genial ação pedagógica: Raumsol foi um exemplo vivo de tudo que ensinou.